Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.fecap.br:8080/jspui/handle/jspui/718
Tipo do documento: Dissertação
Título: Automação contábil: tecnologia aplicada em contabilidade sob a ótica da Teoria Institucional.
Autor: FERREIRA, Tiago Janes
Primeiro orientador: SLAVOV, Tiago Nascimento Borges
Primeiro membro da banca: RUSSO, PASCHOAL TADEU
Segundo membro da banca: PARISI, Claudio
Resumo: Esta pesquisa estudou as mudanças organizacionais que o processo de institucionalização da automação em contabilidade pode promover nas organizações. Para o desenvolvimento deste processo investigativo, adotou-se um estudo de caso, realizado em uma organização nacional com administração familiar de médio porte. Esta, após um diagnóstico elaborado em conjunto com uma empresa de consultoria externa, que identificou diversas melhorias necessárias nos processos da organização, decidiu pela reimplantação de seu sistema ERP como plano de ação deste trabalho de consultoria. Neste contexto, o presente estudo procurou, sob a luz da Teoria Institucional e o enfoque da Old Institutional Economics (OIE), entender como a estrutura da organização foi alterada pela institucionalização da automação contábil. Em paralelo aos constructos sobre mudanças organizacionais sob a ótica da Velha Economia Institucional, este estudo também trouxe para o processo de análise e discussões constructos e conceitos de tecnologia, novas tecnologias e ERP, além dos constructos sobre as formações capacitantes e coercitivas. As adições destes constructos permitiram a formulação de questões orientativas para as entrevistas semiestruturadas que objetivaram colher os dados necessários para a comparação dos diferentes momentos do processo de institucionalização e criar base para triangulação das informações com os documentos e as afirmações dos colaboradores relevantes ao processo de reimplantação. A comparação dos diferentes momentos no processo de institucionalização desencadeou uma proposta de modelo teórico, denominado modelo sequencial de institucionalização da automação contábil. Esse modelo é uma adaptação do modelo proposto pela Teoria Institucional utilizados normalmente para estudos em contabilidade gerencial, porém o presente estudo forneceu adicionalmente aos modelos geralmente estudados, o constructo de “scripts”, vinculando o modelo a outros processos além daqueles relacionados à contabilidade gerencial. Os achados da pesquisa empírica na organização estudada demonstram claramente as mudanças organizacionais desencadeadas pelo processo de institucionalização da automação contábil e da promulgação de novas regras que alteraram os hábitos e rotinas da organização. O detalhamento e a análise em momentos diferentes na organização, momentos T1 e T2, do processo de implantação do sistema ERP, permitiu observar, em relação ao estudo realizado, oportunidades para mais automações, que culminariam, segundo a opinião dos colaboradores, com outras alterações na estrutura organizacional além daquelas analisadas no presente estudo. Concluiu-se, portanto, que a automação em sistemas contábeis pode ser um fator de alteração estrutural na organização, como também se concluiu que ainda é um tópico inexplorado dentro das pesquisas em contabilidade.
Abstract: This research aims to study the organizational changes that the institutionalization process of accounting automation can promote in the companies. For the development of the investigation, single case study methodology was adopted, held in a medium size national family organization. The company, after an assessment process made in conjunction with an external consulting firm, which identified a number of necessary improvements to the organization´s processes, has decided to implement again you ERP system as part of its action plan. In this context, the present study sought, in the light of institutional theory and the focus of Old Institutional Economics (OIE), to understand how the structure of the organization was changed by the institutionalization of accounting automation. In parallel to the constructs of organizational changes from the perspective of the old institutional economics, this study also brought to the analysis and discussion processes, the constructs of technology, new technologies and ERP and the constructs related to the enabling and coercive technologies formalizations. The addition of these constructs have allowed the formulation of indicative questions for semi-structured interviews that aimed to collect the data needed to compare the different moments of the institutionalization process and create the basis for triangulation of information with the documents and the statements of relevant employees who took important part of the ERP implementation process. The comparisons between different moments of the institutionalization process have generated a theoric model, called accounting automation institutionalization sequential model. This model is an adaptation of the institutional theory models generally used to analyze management accounting changes, this present study provided in addition to these models, the construct of “scripts”, linking the new model also with the different accounting processes, not only with management accounting as done by the previous models. The findings of empirical research in the company can demonstrate the organizational changes triggered by the accounting automation institutionalization, and the enactment of new rules that changed the habits and routines of the organization. The details and analysis at different moments in the company (T1 and T2), allowed to observe in relation to the present study that there was still space in the organization for more automation, which could culminate, based on the employees’ opinion, in more changes in the organizational structure. It was possible to conclude therefore that automation in accounting systems may be a structural change factor in the organization, and that still a topic within the accounting research that has received little attention.
Palavras-chave: Contabilidade. Sistemas de informação gerencial. Contabilidade – Automação.
Accountancy. Management information systems. Accountancy - Automation.
Área(s) do CNPq: CIENCIAS CONTABEIS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: FECAP
Sigla da instituição: FECAP
Departamento: Escola de Comércio Álvares Penteado
Programa: Mestrado em Ciências Contábeis
Citação: FERREIRA, Tiago Janes. Automação contábil: tecnologia aplicada em contabilidade sob a ótica da Teoria Institucional. 2016. 173 f. Dissertação( Mestrado em Ciências Contábeis) - FECAP, São Paulo .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.fecap.br:8080/jspui/handle/jspui/718
Data de defesa: 30-Ago-2016
Aparece nas coleções:Ciências Contábeis

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tiago Janes Ferreira.pdf1,42 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons