DSpace at My University Mestrado Ciências Contábeis
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.fecap.br:8080/jspui/handle/jspui/726
Tipo: Dissertação
Título: Comportamento oportunista nas escolhas contábeis : a influência das emoções e do traço de personalidade
Autor(es): Milan, Juliana Cristina
Primeiro Orientador: Weffort, Elionor Farah Jreige
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Silva, Aldy Fernandes da
Primeiro membro da banca: Cornachione Junior, Edgard Bruno
metadata.dc.contributor.referee2: Silva, Aldy Fernandes da
Resumo: Fraudes corporativas e outras práticas lesivas podem encontrar suporte na contabilidade. Para gestores e preparadores das demonstrações financeiras a presença de normas que permitem a discricionariedade na escolha de práticas de reconhecimento e mensuração pode favorecer o comportamento oportunista. Considera-se comportamento oportunista aquele que deliberadamente distancia da representação fidedigna do evento econômico para benefício próprio ou de terceiros, gerando uma informação com viés. Os sujeitos são influenciados no momento da escolha por uma série de motivações, as quais podem ser de cunho interno ou externo. As de cunho externo são provenientes do mercado de capitais, da regulação, de contratos, entre outros, enquanto as de cunho interno são ligadas às emoções, perfil psicológico, etc. O objetivo desta pesquisa foi verificar se o comportamento oportunista nas escolhas contábeis é influenciado pelas emoções e pelo traço de personalidade do maquiavelismo. Para a operacionalização de tal pesquisa foi desenvolvido um questionário e coletadas 505 respostas válidas de alunos do último ano de graduação e de pós-graduação. No que concerne ao tratamento dos dados, foram realizadas análise descritiva univariada e bivariada das variáveis, análise fatorial para o desenvolvimento dos constructos de emoções e maquiavelismo e, por fim, uma regressão logística multinomial para estudar a relação entre as escolhas contábeis e o perfil dos respondentes, os constructos de emoções e maquiavelismo. Os resultados obtidos indicaram que emoções afetam o comportamento oportunista em escolhas contábeis, sendo que as negativas promovem enquanto as positivas inibem. Sobre o maquiavelismo, os resultados indicam que amoralidade promove e desejo de controle inibe o comportamento oportunista em escolhas contábeis. Com base nos resultados da pesquisa é possível inferir que as motivações internas devem ser observadas, na medida em que as emoções positivas, se promovidas pelos reguladores de mercado e academia, e as negativas se forem evitadas, podem contribuir para inibir fraudes corporativas.
Abstract: Corporate fraud and other harmful practices might find support in accounting. For managers and preparers of financial statements the presence of rules that allow discretion in the choice of practices for recognition and measurement could encourage opportunistic behavior. Opportunistic behavior occurs when someone deliberately departs from the faithful representation of the economic event to benefit himself or others, generating a biased information. The subjects are influenced in their choice by a number of reasons, which may be internal or external nature. The external reasons are derived from capital markets, regulation, contracts, among others, while the internal are connected to the emotions, psychological profile, etc. The objective of this research was to determine whether opportunistic behavior in accounting choices is influenced by emotions and the personality trait of machiavellianism. A questionnaire was developed and 505 valid responses from students in their final year undergraduate and postgraduate were collected. With regard to the data processing, univariate and bivariate descriptive analysis of the variables, factor analysis for the development of the constructs of emotions and machiavellianism, and finally, multinomial logistic regression were performed to study the relationship between accounting choices and the demographic profile the constructs of emotions and machiavellianism. For the emotions, it was observed that while the negative promotes, the positive inhibit opportunistic behavior on accounting choices. About machiavellianism, the results indicate that amorality promotes and the desire to control inhibits opportunistic behavior on accounting choices. Based on the research findings we can infer that internal motivation should be observed, to the extent that positive emotions if promoted by market regulators and academia, and negative, if avoided, may contribute to inhibit corporate fraud.
Palavras-chave: Fraude contábil. Comportamento desviante. Processo decisório - Aspectos morais e éticos.
Accounting fraud. Deviant behavior. Decision making - Moral and ethical aspects
CNPq: Ciências Contábeis
Idioma: por
País: Brasil
Editor: FECAP
Sigla da Instituição: FECAP
Faculdade, Instituto ou Departamento: Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Ciências Contábeis
Citação: Milan, Juliana Cristina. Comportamento oportunista nas escolhas contábeis : a influência das emoções e do traço de personalidade. 2014.136 f. Dissertação( Mestrado em Ciências Contábeis) - FECAP, São Paulo .
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.fecap.br:8080/jspui/handle/jspui/726
Data do documento: 29-ago-2014
Aparece nas coleções:Ciências Contábeis

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Juliana_Cristina_Milan.pdf2.6 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons