DSpace at My University Mestrado Administração de Empresas
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede.fecap.br:8080/jspui/handle/tede/361
Tipo: Dissertação
Título: Finanças comportamentais no Brasil: uma aplicação da teoria da perspectiva em potenciais investidores
Autor(es): Ramalho, Thiago Borges
Primeiro Orientador: Yoshinaga, Claudia Emiko
Primeiro membro da banca: Oda, André Luiz
metadata.dc.contributor.referee2: Oliveira, Raquel de Freitas
Resumo: A premissa de racionalidade ilimitada preconizada pela Hipótese dos Mercados Eficientes é contestada como ferramenta para tomada de decisões pelo arcabouço teórico que envolve as Finanças Comportamentais, cuja base, a Teoria da Perspectiva de Kahneman e Tversky (1979), questiona o que prediz a Teoria da Utilidade Esperada, importante elemento da Economia Neoclássica. A presente pesquisa objetiva replicar a investigação empírica do artigo seminal de Kahneman e Tversky (1979) para avaliar o processo decisório de funcionários (potenciais investidores) de uma importante instituição financeira nacional. Os resultados deste estudo foram comparados aos obtidos no trabalho original e nas pesquisas realizadas por Côrtes (2008), Cruz, Kimura e Krauter (2003), Rogers et al. (2007), Rogers, Favato e Securato (2008) e Torralvo (2010). O questionário adotado foi uma adaptação do originalmente utilizado, para que se pudesse testar, na amostra estudada, a aplicabilidade da Teoria da Perspectiva, mais especificamente no que diz respeito aos Efeitos Certeza, Reflexão e Isolamento. Foram analisadas, ainda, as diferenças no comportamento frente à tomada de decisões considerando os perfis demográficos dos respondentes (gênero, idade, formação, ocupação, renda e dependentes financeiros). Os resultados obtidos confirmaram a presença dos efeitos e comprovaram que uma grande parcela do público amostral apresentou efetiva inconsistência em suas escolhas segundo os fundamentos da Teoria da Utilidade Esperada, o que indica que suas decisões não foram tomadas de forma estritamente racional. Além disso, em relação às violações observadas, não foi possível apresentar conclusões quanto às diferenças entre os perfis demográficos estudados por meio do modelo econométrico proposto, apontando a necessidade da realização de novos estudos
Abstract: The premise of unbounded rationality advocated by the Efficient Market Hypothesis is challenged by the theoretical framework that involves the Behavioral Finance, whose basis, the Prospect Theory by Kahneman and Tversky (1979), questions the Expected Utility Theory, an important element of Neoclassical Economics as basis for decision making. This research aims to replicate the empirical investigation of the seminal article by Kahneman and Tversky (1979) to evaluate the decision-making process of employees (potential investors) of a major national financial institution. The results of this study were compared to those obtained in the original article and the studies led by Côrtes (2008), Cruz, Kimura and Krauter (2003), Rogers et al. (2007), Rogers, Favato and Securato (2008), and Torralvo (2010). The questionnaire adopted was an adaptation of the originally used, so that one could test, in studied sample, the applicability of Prospect Theory, more specifically with regard to Certain, Reflection and Isolation Effects. I also analyzed the differences in the decision making process considering the attributes of the respondents (gender, age, education, occupation, income and financial dependents). The results confirmed the existence of behavioral effects and proved that a large portion of the sample presented significant inconsistency in their choices according to the principles of the Expected Utility Theory, pointing that their decisions were not made under strictly rational behavior. Furthermore, in relation to violations observed, it was not possible to present significant conclusions in concern to the attributes by using regression analysis, suggesting the need of further studies
Palavras-chave: Investimentos Processo decisório
Investidores (Finanças)
Investidores Aspectos psicológicos
Heurística
Investiments - Decision making
Floor traders (Finance)
Floor traders (Finance) - Psychological aspects
Heuristic
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS
Idioma: por
País: BR
Editor: FECAP - Faculdade Escola de Comércio Álvares Penteado
Sigla da Instituição: FECAP
Faculdade, Instituto ou Departamento: Administração estratégica
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Administração de Empresas
Citação: RAMALHO, Thiago Borges. Finanças comportamentais no Brasil: uma aplicação da teoria da perspectiva em potenciais investidores. 2013. 108 f. Dissertação (Mestrado em Administração estratégica) - FECAP - Faculdade Escola de Comércio Álvares Penteado, São Paulo, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.fecap.br:8080/jspui/handle/tede/361
Data do documento: 28-ago-2013
Aparece nas coleções:Administração de Empresas

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Thiago_Borges_Ramalho.pdf1.05 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.